O que é PNL?

Muita gente pergunta o que é Programação Neurolinguística (PNL)? Mas o fato é que não existe uma única resposta para esta pergunta. Entretanto, para facilitar, podemos dizer que a Programação Neurolinguística é um conjunto de habilidades que revela um tipo de comunicação, a que realmente importa – internamente e externamente.

Para muitos, é revelador oferecer uma definição da PNL separando o que cada palavra significa (neuro, linguísticaprogramação) Então segue:

Neuro: Se refere à mente ou ao cérebro, particularmente como os estados da mente (e físicos) afetam a comunicação e o comportamento. Assim, a PNL ensina uma forma estruturada de ver os estados físicos e mentais, desenvolvendo mapas mentais que mostram como as coisas acontecem e como mudar seus cursos.

Linguística: Quer dizer que nossos estados físicos e mentais são revelados em nossa linguagem e comunicação não verbal. A linguagem é a ferramenta que nós usamos para ter acesso ao trabalho interno da mente. Então os padrões da Programação Neurolinguística nos ensinam como acessar informações inconscientes que permaneceriam vagas e desconhecidas sem estes padrões.

Programação: Se refere à capacidade de mudar nossos estados físicos e mentais. Certamente você já ouviu o termo viver no piloto automático, correto? Para quem praticou PNL, isto significaria que você está vivendo de acordo com sua programação, a qual consiste em pensamentos, sentimentos, reações, crenças e hábitos. Assim, alguém que aprendeu a programação neurolinguística sabe como estes programas são estruturados em sua mente, bem como acessá-los em uma conversa (linguagem) para que os programas ultrapassados e os comportamentos do piloto automático possam ser mudados.

Como a PNL funciona na vida real?

Durante uma conversa, a maioria de nós nos fixamos em palavras. Como “O que esta pessoa quer dizer e o que eu devo responder?”. Porém já sabemos que as palavras são o aspecto menos significativo da comunicação, representando assim apenas 7% do significado (Mehrabian, 1972).

Por exemplo, quando alguém diz que quer te ajudar a organizar um evento, mas seu tom de voz é baixo, sua expressão facial dá a impressão de que você acabou de convidá-la a uma noite de tortura… É óbvio que algo mais está passando em sua mente. Desta maneira as suas palavras dizem SIM, mas a comunicação não verbal – os outros 93% – dizem OUTRA COISA.

O que é a Programação Neurolinguística?

Os outros 93% da comunicação.

A PNL é um sistema para entender e usar a comunicação que realmente faz a diferença. Domine assim a comunicação não verbal torne-se um mestre em comunicação!

Mas há algo ainda mais interessante:

A maioria das pessoas não percebe que a comunicação é feita de muito mais do que apenas interação com outras pessoas. Existe, também, um mundo inteiro de comunicação dentro da nossa mente e do nosso corpo. A vida interior – suas crenças, atitudes e sentimentos – é uma forma ativa de comunicação.

A comunicação mais importante não é entre pessoas, mas dentro das pessoas.

A comunicação interna é uma forte imagem da Programação Neurolinguística, que foi originalmente conhecida como o estudo da estrutura da experiência subjetiva. No entanto, esta é uma maneira elegante de dizer que a PNL quebra o que está acontecendo entre nossas orelhas em pequenas partes, para que você possa fazer algo construtivo com isto. Então, segue agora um gostinho de como isto funciona.

Digamos que você vai receber alguns amigos para jantar e está se sentindo nervoso. Você não sabe bem o por quê. Tudo parece bem, mas você se sente estranho. Um praticante (practitioner) em PNL percebeu como você está criando este estado tenso em poucos instantes. Está relacionado a como você está se comunicando internamente.

A simplificação da PNL para a comunicação interna

A comunicação interna é feita de imagens, sons e sentimentos (Modelo VAK da PNL). Descobrir o que está lhe deixando nervoso é uma questão de descobrir quais imagens e sons estão lhe fazendo sentir-se tenso. Quando você percebe o interior e procura o que vê e ouve dentro da sua cabeça, você pode descobrir que está imaginando coisas sobre o jantar:

• Você está vendo sua casa bagunçada conforme os convidados chegam.
• Uma voz interna diz “Eles não vão gostar do que eu preparei”.
• A expressão de quem não gostou em seus rotos.
• Você sentado sozinho em sua casa por que ninguém veio.

E assim por diante. A questão é: Você provavelmente não estava consciente de todos os canais da sua comunicação interna. Se você está nervoso sobre o jantar, você provavelmente está imaginando o quão ruim as coisas podem acabar e respondendo inconscientemente a estas imagens e sons. O sentimento de nervosismo é um espelho destes outros canais.

É por isso que a Programação Neurolinguística afirma que as pessoas não estão quebradas. Nós apenas respondemos à comunicação interna. Então, se você imaginar coisas ruins sobre o jantar com os amigos, você se sentirá nervoso. Você está funcionando perfeitamente.

Quando você se conscientiza de que maneira está gerando pensamentos que não quer, você muda. A Programação Neurolinguística oferece uma vasta coletânea de métodos para mudar nossos mindsets (mentalidades) uma vez que identificarmos eles. Transformando a comunicação interna para que nos sintamos melhor com a programação da PNL.

História e Origem da Programação Neurolinguística (PNL)

Embora John Grinder e Richard Bandler recebam os créditos por terem fundado a Programação Neurolinguística, a PNL foi fundada, na verdade, por um grupo de pessoas que deram contribuições importantes. Este grupo, então, incluía Grinder e Bandler, mas também Frank Pucelik, Robert Dilts, Judith Delozier, Leslie Cameron, David Gordon e outros.

Na universidade de California (Santa Cruz), no início dos anos 70, este grupo começou a estudar padrões de comunicação específicos que permitiram psicoterapeutas incríveis (incluindo Milton Erickson – psicoterapeuta e hipnoterapeuta famoso, Virginia Satir – criadora da Terapia Familiar Sistêmica, e Fritz Perls – criador da Terapia Gestalt) conquistar resultados diferenciados com seus clientes. Assim, por observação direta e análise de gravações, eles conseguiram simplificar a prática destes eficientes padrões de comunicação e ensiná-los a outras pessoas.

O processo de descobrir a mágica e transformá-la em comunicação foi assim chamado de modelagem. Por isso, muitos consideram a modelagem como o coração e a alma da Programação Neurolinguística. Então, quando você aprender a usar este modelo, baseado na experiência de outras pessoas, você poderá aprender e ensinar qualquer nova habilidade em sua essência.

Técnicas Populares da PNL

Muitas pessoas conhecem a PNL pelas suas técnicas, mas ela vai muito além disso. As técnicas são apenas algumas “receitas de bolo” que ajudam a facilitar o trabalho do practitioner. Confira nosso artigo sobre as técnicas da PNL.

Predicativos

A primeira descoberta era de que Satir combinava seus predicativos (verbos, advérbios e adjetivos) aos usados pelos seus clientes, sem perceber que fazia isso. Alguns clientes usavam predicativos principalmente visuais, enquanto outros auditivos ou cinestésicos. Assim surgiu o pressuposto de que para qualquer pessoa, um destes sentidos (ver, ouvir ou sentir) é mais valioso e reflete nas palavras que ele ou ela usam. Quando Satir usava as mesmas palavras predicativas que seus clientes usavam, o cliente sentia que Satir o compreendia. Isto criava rapport que deixava suas intervenções mais eficientes.

Pistas de Acesso Oculares

Depois, Grinder e Bandler descobriram as pistas de acessos oculares que são os movimentos dos olhos. Estas podem indicar se alguém está usando imagens, palavras, sons ou sentimentos enquanto pensa, lembra ou aprende.

Por exemplo, quando uma pessoa olha para cima e para a esquerda, ela provavelmente está lembrando de imagens visuais.

Continuando os estudos sobre Milton Erickson, Grinder e Bandler, refinaram os padrões linguísticos usados por terapeutas para influenciar o comportamento das pessoas.

Pilares da PNL

Estes são os quatro pilares (four pillars) da programação neurolinguística.

Rapport

A PNL oferece um presente poderoso para fortalecer os relacionamentos com as pessoas. O rapport pode ser descrito como uma rápida conexão com os outros. Criar rapport também cria confiança. O Rapport pode ser rapidamente criado entendendo as preferências de modalidades, pistas de acessos oculares e predicativos.

Saiba mais aqui.

Acuidade sensorial

Ás vezes, quando você chega na casa de alguém, você percebe que as cores, cheiros e sons estão razoavelmente diferentes aos da sua casa. A Programação Neurolinguística te permite perceber que o mundo é muito mais rico quando você presta atenção, conscientemente, a todos os sentidos.

Pensamento com foco no resultado

Um resultado é uma meta para fazer algo. Os resultados conectam o pensamento entre o que você quer (estado desejado) e o que você tem (estado atual). A idéia da abordagem por resultados pode te ajudar a tomar decisões muito melhores.

Saiba mais aqui.

Flexibilidade comportamental

A flexibilidade comportamental significa ser capaz de fazer algo diferente, se o que você está fazendo não está funcionando. Ser flexível é o aspecto chave para praticar a PNL. Aprender PNL te ajuda a encontrar perspectivas novas para criar estes hábitos novos.

Curso de Programação Neurolinguística

Os principais motivos para alguém fazer o curso de PNL são:

O que é PNL?
  • Ser um comunicador poderoso e inspirador
  • Ter habilidade em ler pistas não-verbais
  • Melhorar sua consciência inconsciente e sensorial
  • Dominar e controlar seus pensamentos e emoções
  • Aliviar medos e fobias
  • Motivar e empoderar
  • Aprofundar os relacionamentos pessoais e profissionais
  • Conquistar o sucesso e a autorrealização
  • Mudar comportamentos indesejáveis em si mesmo e nos outros
  • Comunicar de forma efetiva e captar melhor a comunicação dos outros

Níveis dos Cursos de PNL

Existem muitas organizações que inspecionam, organizam e creditam centros de treinamentos. Todas as organizações de PNL concordam com os níveis de cursos da PNL que citaremos a seguir. Estes podem ser encontrados em muitos centros de treinamentos de PNL.

Entretanto, isto não significa que uma pessoa possa passar de um centro para outro na esperança de avançar para o próximo nível. Geralmente os centros de treinamentos possuem seus cursos construídos baseados em seus conteúdos anteriores. Por isso, é melhor escolher fazer todos os cursos em um único centro ou consultar o centro de treinamento antes de começar sua jornada.

Practitioner em PNL

Selo Practitioner em PNL

A palavra practitioner em inglês significa “praticante”. Este é o primeiro nível de treinamento em PNL. Geralmente não requer nenhuma experiência anterior e qualquer pessoa pode se matricular. Assim um treinamento practitioner em PNL envolve aprender os elementos básicos da PNL, bem como técnicas que combinam estes elementos para aplicá-las com habilidade e elegância.

Em primeiro lugar, estes treinamentos oferecem uma série de habilidades e estratégias para o sucesso, bem como para agregar valor na vida. Assim também inclui desafios para os relacionamentos, negócios, família, e educação. Aprender então a resolver estas situações leva a um grande desenvolvimento pessoal. Um curso practitioner em PNL de qualidade envolve projetos de aplicação das técnicas da PNL na vida real. Estas habilidades também ajudam pessoas a superar medos e fobias e adquirir uma grande confiança interna.

Master em NLP

Selo Master Practitioner em PNL

A palavra master em inglês significa “mestre”. Assim, este curso é um aprofundamento do nível Practitioner, bem como o aprendizado de técnicas e modelos mais complexos. Algumas das áreas de estudo são a modelagem e a linguagem. Então, neste nível, as pessoas desenvolvem habilidades para mudar crenças e valores, em si mesmas e nos outros, que se adaptam melhor à sua qualidade de vida, família e sistema de trabalho.

O Treinamento Master geralmente desenvolve melhor as técnicas de comunicação. Sendo assim pode incluir descobertas e reciclagem da competência comportamental inconsciente e o porque e como as pessoas pensam diferente. Este treinamento também envolve os filtros da nossa personalidade (Meta programas – que são estratégias avançadas, submodalidades avançadas, habilidades de meditação e também negociação linguística avançada). Cada centro de treinamento tem seu próprio formato de especialidade. Fazer o treinamento Master em PNL é fundamental para transformar completamente seus negócios, sua saúde, bem como os seus relacionamentos. Fazer este treinamento te permite expandir e se beneficiar de maneiras incríveis.

Trainer em NLP

Selo Trainer em PNL

A palavra trainer em inglês significa “treinador”. Este treinamento é para practitioners ou masters. Assim, este programa te permite descobrir sua própria identidade como um treinador ou palestrante, o que faz toda a diferença. Então o aluno aprende como se sentir confiante, o que o permite se divertir e se apresentar com facilidade perante um público.

Logo, este treinamento te prepara para ser um palestrante que faz a diferença na transformação do seu público. Dando assim, habilidades e técnicas para influenciar grupos com sucesso. Além de entender, analisar e coordenar grupos de processos e dominar a habilidade de ser um palestrante de sucesso. Após completar, a pessoa estará apta a se apresentar em frente à grupos de qualquer tamanho com muita confiança.

Tipos de cursos de PNL

Os cursos da Programação Neurolinguística eram originalmente conduzidos presencialmente em grupos. Entretanto era complicado para a PNL ter que ser ensinada presencialmente para poder ser compreendida. Então, com o passar dos anos e com o desenvolvimento da internet, cursos online se tornaram mais comuns e aceitos como uma maneira eficiente de treinamento.

Alguns centros oferecem um misto entre cursos online e presenciais. Entretanto, existem muitos benefícios nos treinamentos 100% online, como a habilidade de aprender o conteúdo no seu próprio ritmo e praticar no seu dia-a-dia antes de ir para o próximo assunto.

Concluindo, o treinamento de Programação Neurolinguística deve se enquadrar no seu estilo e necessidade. Então listamos as coisas que você deve levar em consideração quando for escolher o treinamento ideal para você:

  • A qualidade do material ensinado
  • A filosofia e o foco do instituto
  • Questões financeiras
  • Tempo obrigatório para terminar o treinamento
  • Credibilidade do centro de treinamento e a equipe
  • Certificações e credenciamentos
  • Suporte durante e depois do treinamento

Garanta ter feito todas as perguntas necessárias para saber se a instituição de treinamento em PNL está de acordo com você.

iNLP Center

O iNLP Center oferece os programas Practitioner em PNL, Master em PNL e Trainer em PNL. Também oferecemos curso para Coaching com PNL que irá preparar o aluno para trabalhar com coaching em PNL.